Câmera Record mostra histórias de superação de mulheres que sofreram com distúrbios alimentares

A  |  A+ |  A- Clique para imprimir
Foto: Internet
Foto: Internet

O Câmera Record deste domingo, às 23h15, exibe reportagem com histórias inspiradoras de mulheres que, em algum momento da vida, sofreram muito ao encarar o espelho.

 Os médicos foram enfáticos com Elisa Pecini. “Damos seis meses no máximo”, relembra a mãe da jovem, hoje aliviada pelo drible do destino no prognóstico de cinco anos atrás. Mas não foi fácil. Vítima de anorexia, a estudante chegou a ser internada e obrigada pelos enfermeiros a fazer as refeições até recuperar o peso. “Enquanto não comer tudo, você não sai da mesa”, insistiam. A reportagem mostra como ela conseguiu vencer o distúrbio alimentar e se transformar em uma musa fitness, campeã de fisiculturismo nos EUA.

Em Porto Alegre, os repórteres registram a incrível transformação de Mariana Wofchuk e explicam como um lençol foi pivô de uma perda de peso radical: de 143 para 67kg.

Compulsão na ficção e na vida real. A atriz Paula Jubé, intérprete da bulímica Raquel, de “O Rico e Lázaro”, detalha como superou a obsessão por comida fora das câmeras. “Repetia três vezes o prato”, conta. “Comia de madrugada, não tinha limite”.

E ainda: nem magra, nem plus size. As passarelas do mundo da moda abrem cada vez mais espaço para um novo tipo de top: a “modelo de curvas”.

O Câmera Record, apresentado por Marcos Hummel, vai ao ar domingo, 13/08, às 23h15, logo após o Domingo Espetacular.