RecordTV Rio desenvolve ação multiplataforma em homenagem ao Dia da Consciência Negra

Por 19 de novembro de 2020Record TV Rio

Desde ontem, 18/11, a emissora carioca vem desenvolvendo ações em homenagem ao Dia da Consciência Negra. Entrou ontem no ar, durante o Cidade Alerta Rio, apresentado por Ernani Alves de segunda a sexta-feira, das 18h às 19h45, a série que homenageia a data. As reportagens, que irão ao ar até amanhã, tratarão de temas como percepção da pessoa negra em relação às suas origens, desigualdades no mercado de trabalho, dados estatísticos e até a curiosa história de uma família da Zona Oeste do Rio que lançou um livro de colorir com representação negra.

As reportagens, apresentadas por Lívia Bonard, Quézia Oliveira e Jefferson Monteiro, mostrarão, por exemplo, que as estatísticas revelam que a justiça brasileira ainda está longe de alcançar a população que sofre de racismo. Nos últimos 15 anos, a proporção de negros no sistema penitenciário cresceu 14%, enquanto a de brancos diminuiu 19%. Hoje, a cada três presos, dois são negros. No Estado do Rio, 70% dos homens presos injustamente são negros.

Outro dado que chama a atenção é que, dos 8 milhões de pessoas que perderam o emprego entre o 1º e o 2º trimestre de 2020, 6,3 milhões eram negros e negras, o equivalente a 71% do total.

Além da série de reportagens, a RecordTV Rio, como parte da sua direção multiplataforma, coloca hoje no ar o podcast da série Especiais do Rio, “Racismo e Injustiça”. A repórter Quezia Oliveira entrevista Breno Guimarães, advogado especializado em direito penal. Eles analisam diversos aspectos da lei que deveria combater o crime de racismo. Para ouvir, acesse o Portal R7, Play Plus e as principais plataformas de streaming e áudio.

Além do podcast e da série, as redes sociais da emissora carioca farão uma homenagem à data.

O Dia Nacional da Consciência Negra é celebrado desde 2011 no Brasil. A data remete ao dia da morte de Zumbi de Palmares, líder quilombola que lutou pelo fim do sistema escravista. A expressão “consciência negra” significa, em suma, a percepção da pessoa negra em relação às suas origens, no entendimento das raízes culturais e históricas dos seus antepassados.

Deixe um comentário

booked.net

Open chat